segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Linda!!!!!!!

O Homem, a motocicleta e a estrada

Pegar a estrada! Quem nunca pensou nisto em algum momento da vida?Seja por qual motivo for, o “viajar” tem significados profundos, que nos ocupam desde a preparação inicial até a concretização de nossos planos. É como se tivéssemos a missão do compromisso de forma  descompromissada de desbravar lugares, romper barreiras, ampliar nossa rede de contatos e melhor ainda, fazer amigos!

Pelos diversos caminhos de uma Estrada podemos sentir o cheiro de mato, da terra úmida, do mar, deslumbrar-se com o nascer do sol, com a diversidade de cores, formas e vida; assistir ao pôr do sol, sentir a chuva fina, às vezes enlamear-nos.

É conhecer gente simples vivendo no meio do nada... um forno a lenha, são cachoeiras, rios, montanhas, praias, lagos, impossível deixar de admirar e reverenciar o espetáculo que se desdobra na natureza.

Cada foto tirada é o desejo de ter aquele momento capturado em nossa mente, para revivê-lo quantas vezes quisermos. Andar sobre uma máquina... em uma estrada... é ter o controle da velocidade e do tempo em nossas mãos.

Que sensações, e quais sentimentos nos envolvem, enquanto percorrermos caminhos, trilhas, estradas? Ser apaixonado pela vida, pelas opções apresentadas, do simples fato de ir e vir.

O respeito pelo outro, homem e máquina, dos limites, de buscar, de conhecer, aprender um pouco mais para refletir, depois saber compartilhar as experiências, são atitudes éticas provenientes de pessoas despretensiosas.

Saber aproveitar nossos momentos com a emoção que neles adicionamos, porque ter paixão pelo motociclismo, nos alimenta, nos enche de uma energia inesgotável, é sonharmos acordados.

É como um caminho sem volta de estilo de vida, embora a estrada nos traz de retorno ancorados em nosso portos.

Finalizando com uma metáfora: durante os percursos que fizermos nas estradas de nossos temperamentos e personalidade, em direção aos caminhos que nos levarão ao rumo desejado: a plenitude do íntimo, sempre virão de encontro a liberdade... assim dá para entender um pouco melhor a relação do homem, a motocicleta e a estrada.

http://www.revistamotoclubes.com.br/

sábado, 27 de novembro de 2010

A Origem do Capacete

Thomas Edward Lawrence, conhecido mundialmente por Lawrence da Arábia, foi, de forma indireta, o responsável por tornar o capacete um item de segurança tão conhecido e importante. Ele era um oficial inglês que se tornou famoso por sua habilidade e percepção ao relatar ao mundo a terrível guerra que ocorreu em 1916 no então inóspito Oriente Médio.

Apaixonado por motocicletas, Lawrence sofreu um acidente em sua moto, uma Brough Superior SS100, em uma estrada perto de sua casa de campo na pequena cidade inglesa de Wareham. O motivo do acidente se deu por uma irregularidade na estrada, que impossibilitou Lawrence ver com antecedência dois garotos que andavam de bicicleta.

Ao tentar desviar para não feri-los, o famoso oficial inglês perdeu o controle de sua maquina e foi jogado por cima do guidão da motocicleta. Na queda, Lawrence da Arábia sofreu graves lesões na cabeça, entrando em coma, e, após seis dias, falecendo.

Indignado com a grande perda, Hugh Cairns, o neurocirurgião que o atendeu, iniciou um longo estudo sobre a perda desnecessária de vidas por pilotos de motocicleta que se feriam na cabeça. Graças a esse detalhado e amplo estudo de Cairns, tanto o exercito inglês quanto os civis passaram a utilizar capacetes, e conseqüentemente outros países seguiram o exemplo da Inglaterra.

Fonte: Revista Mundo Moto

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Vai?

distância de Patos - 144 Km


Exibir mapa ampliado

Amanhã!!!!

Evento: V Bate e Fica Relâmpagos do Asfalto
Datas: 27 e 28 de Novembro 2010
Local: Clube Municipal
Cidade: Cruzeta
Estado: RN
Organizador: Relâmpagos do Asfalto
Contato: Ednaldo da Silva Pereira
Fone: (84)9170-2330 9966-0498

Um dia fui motoqueiro...

Um dia fui motoqueiro e não tinha medo de nada e nem tinha desejos. Andava de moto sem compromisso, não tinha medo do perigo porque não respeitava minha vida, nem a dos meus companheiros. No transito era conhecido por baderneiro, a placa da minha moto era desejada pelos fiscais e conhecida pelos bombeiros e fuxiqueiros. Sem capacete e placa virada, varava a noite fazendo rachas.

Minha moto não bebia muito, já eu, não andava 1 quilometro sem tomar 2 litros cachaça. Não ouvia os conselhos do meu pai, nem da mãe. Tinha poucos amigos, e um deles era o juiz da cidade, que sempre falava comigo. De tanto apanhar na cara e levar baculejo, tomei vergonha na cara e disse: - Vou deixar essa vida, não quero mais ser motoqueiro !


Um dia vi na minha cidade vários homens vestidos de preto, em motos lindas e todos muito bem equipados. Resolvi acompanhá-los e por onde eles passavam chamavam atenção. No transito eles respeitavam é eram respeitados. Mais na frente vi vários deles se confraternizando, trocando abraços e apertos de mãos e fiquei surpreendido com tanta união. Dançavam e se divertiam com muita harmonia. Vi que naquele mundo, o que valia era viver e curti a vida, pegar o asfalto e curtir a liberdade, fazer amizades e ser livre, que naquele mundo, as motos eram as carnes e os homens eram as unhas.

Via que entre eles não tinha colegas, tinha irmãos, via que entre eles não tinha preconceito, tinha união. Fui vendo que esse mundo era totalmente diferente daquele mundo motoqueiro, baderneiro, que badernava a noite e dormia de dia. Fui me chagando e logo perguntando: - Moço, como faço para ser motoqueiro? O homem de preto disse: - Garoto pergunte para aqueles ali, e apontou.

Quando olhei vi vários caras de moto fazendo zerinho, queimando pneu, fazendo racha, apostando a vida e lembrei que um dia fiz tudo aquilo é só era conhecido pela justiça. O homem de preto me chamou e disse: - E ai garoto? Decidiu o que você quer ser? Logo fui dizendo não quero aquilo para mim, quero ser igual a vocês. Ai homem de preto disse: - Então você quer ser motociclista? Respondi Sim!

Desse dia em diante comecei a valorizar a vida, a gostar da minha moto, a gostar da minha família, a respeitar os pedestres e respeitar a vida. Aprendi que para ser motociclista não precisa de altas cilindradas, que para ser motociclista tem é que amar a vida e a estrada!

Sou motociclista com orgulho, vivo e pego as estradas com meus irmãos, comecei a viver a vida depois que virei motociclista, comecei a viver a vida depois que virei CAVEIRÃO.!!!!!

Amigos, ai está a diferença do motoqueiro para o motociclista, uma historia bonita que não foi tirada da internet, e sim feita por mim que um dia fui motoqueiro e hoje sou motociclista.

Peço a ajuda de vocês para que este texto seja divulgado pelos motoclube e principalmente nos eventos, afim de mostrar aos leigos a nossa cultura motociclistica.

Abraços
 


Escrito por Albert Santos da Silva, componente do Caveirão Moto Club Caicó-RN.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

"Monstra!"

Eva?????

Arena Pernambuco pode custar R$ 1,6 bi

A Arena Pernambuco é tida como um dos projetos mais arrojados para a Copa do Mundo de 2014. Oficialmente, o complexo esportivo Cidade da Copa, que abrigará o novo estádio e outros empreendimentos temáticos, será construído por meio de uma parceria público-privada com investimento inicial de R$ 1,6 bilhões. Mas segundo o CEO do projeto, Marcos Lessa, que participou de um workshop do Soccerex nesta terça-feira (23), no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, este valor deve ser ainda maior, já que o objetivo é tornar a arena multifuncional e oferecer opções de entretenimento em longo prazo.


O empresário, que representa a construtora Odebretch (também ligada aos projetos do Maracanã, Fonte Nova e estádio do Corinthians), afirmou que o empreendimento já passou pela primeira fase para obter a licença ambiental, que consiste na terra-planagem e fundação do terreno. Só a Arena Pernambuco custará R$ 379 milhões, o que ele garante ser retornável. Os principais trunfos comerciais do projeto são a comercialização de assentos "premium" e camarotes, naming rights (licenciamento da nomenclatura), ações de marketing, espetáculos de entretenimento, entre outros mecanismos.

"Além de ser totalmente sustentável, o projeto preserva 606 mil metros de Mata Atlântica", garantiu.

Em relação aos principais clubes do estado, Lessa garante que a lucratividade também será maior, já que os torcedores pernambucanos sempre figuram com destaque nos rankings de média de público. O empresário afirma que aguarda por definições nos quadros gerenciais de Náutico, Sport e Santa Cruz para prosseguir com as negociações.

"Nós tivemos um primeiro contato com Santa Cruz, Náutico e Sport há algum tempo e apresentamos uma parte do projeto. Esses clubes estão passando por algumas mudanças políticos, a exemplo do Sport, que está definindo o seu novo corpo diretivo. Estão sendo eleitos os novos membros da direção. Enfim, vamos esperar o fim desse processo para dar continuidade às negociações. Acreditamos que essa é uma belíssima oportunidade para os clubes. A necessidade de uma melhor gestão da infra-estrutura e uma preocupação maior com o seu ativo, com os jogadores, a torcida. Nós cuidaríamos dessa primeira parte para os três principais clubes de Recife", argumentou.

O contrato assinado com o governo pernambucano garante à Odebretch a gestão do novo empreendimento pelos próximos 30 anos. De acordo com Lessa, o principal legado da Cidade da Copa será o de redefinir a centralidade urbana da região metropolitana de Recife, que é a segunda mais adensada populacionalmente no país.

"O principal desafio é fazer com que a população pernambucana e os stakeholders de Recife entendam que nós podemos definir uma nova centralidade urbana, com tecnologia, sustentabilidade, enfim, um novo destino que o Brasil merece. A missão é trazer esse conceito mundial e que a Copa do Mundo nos proporciona", afirmou.

Marcos Lessa destaca que a capital pernambucana já se mobiliza no sentido de melhorar a infra-estrutura para além da construção de um complexo esportivo.

"A Fifa exige uma grande infra-estrutura no entorno dos estádios. O governo pernambucano já está providenciando melhorias, como a duplicação da rodovia BR-408, a construção de uma nova estação de metrô, que fica dentro da Cidade da Copa e a construção de uma nova rodovia, a Radial da Copa, que terá extensão de seis quilômetros e fará uma ligação direta com a Cidade da Copa", disse.

Além do empresário brasileiro, participaram do workshop o presidente da ISG Brasil, Tobias Hanbury; o vice-presidente e gerente geral da AEG Facilities, Chuck Steedman; e o representante da HKS, Mark Williams, que desenvolve em Dallas um estudo completo sobre todas as possibilidades comerciais referentes à Cidade da Copa. O complexo esportivo será construído em um terreno de 270 hectares, dos quais 50 reservados para o estádio e as outras para o desenvolvimento de uma "smartcity".

Inscrições do concurso de fotografia vão até o dia 30

Ainda há tempo de você participar do concurso fotográfico da prefeitura municipal de Patos para a composição do calendário municipal 2011. Basta fazer uma imagem bem legal da cidade e inscrevê-la na coordenadoria de comunicação, na sede da prefeitura, até o dia 30 de novembro.


O tema proposto para as fotografias é ‘Patos, como é bom viver aqui’, e pretende reunir imagens que expressem a satisfação dos patoenses em residir na Morada do Sol.

“A ideia é incentivar a expressão artística e a descoberta de novos talentos”, lembrou o coordenador de comunicação, Misael Nóbrega.

As fotografias serão classificadas em duas categorias: profissional e amador. Serão escolhidas 12 imagens, sendo 6 de cada categoria. As fotos vencedoras ilustrarão o calendário 2011 da cidade de Patos. Os vencedores receberão certificados e troféus.

“Após o período de inscrição, o processo de seleção segue sob a avaliação de uma equipe de 4 profissionais das áreas de jornalismo e fotografia”, disse Misael.

O resultado final será divulgado no dia 06 de dezembro. O regulamento completo para participação no concurso está disponível no site oficial do município. (ML)

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Show!!!

Recall do modelo Honda CB300R

Na última Quinta Feira, 18, a Moto Honda da Amazônia anunciou um recall do modelo CB300R versão ABS, ano 2010. São 7.396 motos que terão que passar pela vistoria nas concessionárias.


O defeito está na fiação do sistema ABS e do turbo do freio traseiro. Caso seja necessário, os dois serão substituídos segundo a fabricante. Os chassis envolvidos estão entre os seguintes números 9C2NC4320AR000069 até 9C2NC4320AR007580.

Segundo o anuncio, algumas unidades podem apresentar um rompimento da fiação do sistema ABS e trinca no tubo do freio traseiro, assim podendo influenciar o controle da moto, devido a redução de eficiência de frenagem.

As concessionárias começarão a atender os clientes a partir de 22 de novembro. O serviço é gratuito e a Honda solicita prévio agendamento.



Yamaha Midnight Star disponível na cor azul

A linha 2011 da XVS 950 Midnight Star, modelo custom da Yamaha, traz uma novidade: a cor azul, que entrou no lugar da vermelha. Com apelo esportivo, a estradeira conta com rodas de liga leve aro 18", na dianteira, e 16", na traseira; plataformas avançadas e escapamento longo, com do lado direito. A custom está equipada com motor de dois cilindros em “V”, com injeção eletrônica e refrigerado a ar, que gera 53,6 cv de potência máxima e 7,84 kgf.m de torque máximo. Já a transmissão final é feita por correia dentada. Seu quadro - berço duplo em aço, longo e baixo -, oferece uma posição relaxada e uma boa dirigibilidade. O preço sugerido é de R$ 32.275,00. Informações, acesse: www.yamaha-motor.com.br




Ferrari v4 superbike

que se saiba nunca a célebre marca de automóveis desportivos se dedicou à produção de motos, embora ao longo da sua história tenha havido algumas tentativas pouco conhecidas no domínio das duas rodas. Mas talvez desta seja de vez. O designer israelita Amir Glinik é o autor do conceito Ferrari v4 Superbike, uma moto de linhas e performances deslumbrantes bem na tradição da marca italiana. A questão neste momento é saber se passará do papel à produção, nomeadamente se forem ultrapassados alguns problemas técnicos ainda pendentes, como a transformação de um motor v12 num... v4.




Aprilia e BMW se preparam para o MotoGP

Marcas devem fazer nova estreia na categoria na temporada 2012


Enviar por Email1004O grande piloto e campeão do mundo Wayne Gardner, ainda muito ligado às competições, valendo-se de seu prestígio e conhecimentos com os principais dirigentes das equipes do mundial, publicou em seu site oficial que APRILIA e BMW preparam-se para disputar a categoria principal do motociclismo em 2012: o MotoGP.

Gardner obteve a notícia através de contatos com o pessoal de competição da Honda. Com isto, confirmam-se os rumores que já há algum tempo circulam pelo Paddock do MotoGP. Parece que as mudanças do regulamento já começam a dar bons frutos, pois tudo indica que teremos mais motos no grid.

A principal mudança é o retorno dos motores com 1000 cm³, onde poderão ser utilizados os produzidos em linha, na temporada de 2011 ainda valerá o regulamento atual. Outra informação do site de Gardner, é que a nova Honda Fireblade, virá com motorização V4, também em 2012.

Resta saber se com isto ocorrerá a retirada das duas marcas do mundial SBK, isto após 2012, pois Max Biaggi e Aprilia renovam o contrato por mais dois anos. Em 2011 a Ducati não competira mais nesta categoria. Qual o futuro da categoria a médio prazo? Seria a decadência da WSBK?

Temos que ir!!!

Serviço:

Evento: 3ª Confraternização dos Moto Clubes em Caicó
Datas: 18 e 19 de Dezembro de 2010
Local: Ilha de Sant´Ana
Cidade: Caicó
Estado: RN
Organizador: Motoclubes de Caicó
Contatos: Valdeci (Camaleões) (84)9962-1623 (84)9962-1623

Que garupa!!!!

Como chegar em Cícero Dantas!


Exibir mapa ampliado

Serviço:

Evento: 5° Cícero Dantas Moto Fest
Datas: 26 a 28 de Novembro 2010
Local: No Calçadão
Cidade: Cícero Dantas
Estado: BA
email: omorcegao2007@hotmail.com
Organizador: Moto Clube Morcegão
Fone: (75) 9985 - 9901.

Amigos em Bonito-PE





domingo, 21 de novembro de 2010

Reflexão-A ÚLTIMA DAS CRIATURAS



Por Misael Nóbrega de Sousa

Os mamíferos que povoam a terra deixarão de ser elementos plásmicos para ilustrarem uma fábula qualquer. Os que chamamos de “bicho” vão para a morte, igual uma rendição de propósito. E se reagem é, por acaso, espasmos de vida. A atitude do executor não é sinonímia de sobrevivência: é, na realidade, um assassinato; uma afronta à natureza, com os seus ciclos e cadeias alimentares. O morticínio já se instaurou entre os que “pensam...” por falta do que fazer. E tudo será, então, digno do mais tenebroso, tédio. O homem é a última das criaturas. Até que forças divinas e sobrenaturais se convertam em manhãs de domingo e possam gerar um novo ente para que haja, também, outro começo. Após a saturação deste cenário debilitado, e assim conforme os desígnios e regras posteriores ao “gran finalle”, roga-se no porvindouro uma raça menos arrogante.

E que nasçam das pedras como os rios...

O novo habitante, enfim, terá uma experiência de amor. Deste modo, haverá de se orgulhar da existência. E, assemelhando-se ao pólen, irá confiar a cada pareceiro uma porção do antídoto, antecipando-se ao caos. Todos poderão viver plenamente sem precisar da razão. E na eternidade dos dias que se passarem... - O descanso sossegado das horas e a certeza de que aquilo é mesmo a felicidade. Não haverá ambição do paraíso, também pudera: naquela terra tudo será de encantamento. E a abóbada celeste servirá de inspiração para voar, portanto, referência do que é céu. Anjos tocarão as melodias de Orfeu e tanto o nascedouro como o morredouro serão motivos de celebração por três dias – assim, não haverá outra coisa a fazer senão dançar – e, na medida exata da separação dos corpos, para que também, a proximidade física não seja um influenciador dos mundos. É na pia batismal dos sonhos que eu encontro à dádiva da vida. E só depois de tudo consumado poderei, enfim, entender o que sou – e assim, libertar a minha alma do inferno que não existe. Para sermos verdadeiramente livres temos que desistir deste lugar.


Professor e jornalista

Tarciano Wanderley no último Acari Moto fest

Iron Maiden confirma seis shows no Brasil em 2011

IRON MAIDEN EM 2011 NO BRASIL

Rio - Mais dos que acostumados com os palcos brasileiros, o Iron Maiden divulgou em seu site oficial, nesta terça-feira, que fará mais uma turnê ao redor do globo. A excursão, que começa no dia 11 de fevereiro na Rússia, passa por Cingapura, Indonésia, Austrália, Coreia, Japão, México, Colômbia e Peru antes de finalmente desembarcar no Brasil.

O primeiro show da nova passagem do grupo de Bruce Dickinson acontece no dia 26/3 no Estádio do Morumbi, em São Paulo. De lá, a banda segue para Rio de Janeiro (HSBC Arena - 27/3), Brasília (Nilson Nelson - 30/3), Belém (Parque de Exposições - 1/4), Recife (Parque de Exposições - 3/4) e Curitiba (Expotrade - 5/4).

As datas anunciadas ainda contam com shows no Chile, Porto Rico, Estados Unidos, Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia e uma nova passagem pela Rússia, no dia 10 de julho.

"Será um setlist diferente nesta turnê. Claro que vamos tocar mais músicas do novo álbum e outro material recente. Teremos uma dose saudável das antigas favoritas", disse Bruce Dickinson em texto publicado no site oficial.

Fonte: http://www.ironmaiden.com/

Viajando de moto



É fundamental que você conheça a sua motocicleta e também os seus limites. Viajar de moto não é a mesma coisa do que viajar de carro. Esse tipo de empreitada exige muito mais do piloto do que normalmente. Então, primeiramente, esteja descansado. Evite ao máximo cair na estrada sem estar com a saúde 100%. Qualquer deslize do motociclista pode ser fatal.

Segundo ponto importante é a moto que vai utilizar. Procure uma potência condizente com a distância que vai percorrer. Não force. Por exemplo: com uma moto de 150cc, não pilote por mais de 1h ou 1h30. Mantenha uma velocidade abaixo de 100km/h e não se esqueça de regular a correia a cada 500km, dependendo do modelo – isso vale mais para as Honda.

Pense que as motos menores são mais instáveis, o que pode dificultar a vida em locais com muito vento ou veículos mais pesados em alta velocidade, como caminhões. Também tem a questão do peso da bagagem, que precisa estar bem distribuído para não desestabilizar. Se for de garupa, sua vida não será fácil, pois costuma cansar mais rapidamente.

Outros detalhes: É importante que pelo menos um daqueles sprays vedantes você tenha na mala, caso fure algum pneu. Faça um planejamento de quantos quilômetros vai percorrer. Tenha horário para sair, mas não para chegar. Vá com calma. Não pilote à noite, apenas em caso de extrema necessidade.

Fonte: blogs.jovempan.uol.com.br

Gasolina

O autor deste texto trabalha numa refinaria há 31 anos.

Assim que você levar a sério e passar a aplicar os truques que a seguir são explicados, passará a aproveitar ao máximo seu combustível e, portanto, seu dinheiro. Esperamos que lhe sejam proveitosos.

*1º.Truque: Encher o tanque sempre pela manhã, o mais cedo possível.* A temperatura ambiente e do solo é mais baixa. Todas os postos de combustíveis têm seus depósitos debaixo terra. Ao estar mais fria a terra, a densidade da gasolina e do diesel é menor. O contrário se passa durante o dia, que a temperatura do solo sobe, e os combustíveis tendem a expandir-se. Por isto, se você enche o tanque ao méio dia, pela tarde ou ao anoitecer, o litro de combustível não será um litro exatamente. Na indústria petrolífera a gravidade específica e a temperatura de um solo tem um papel muito importante. Onde eu trabalho, cada carregamento de combustível nos caminhões é cuidadosamente controlada no que diz respeito à temperatura. Para que, a cada galão vertido no depósito (cisterna) do caminhão seja exato.

*2º Truque: Quando for pessoalmente encher o tanque, não aperte a pistola ao máximo (pedir ao frentista no caso de ser servido). Segundo a pressão que se exerça sobre a pistola, a velocidade pode ser lenta, média ou alta. Prefira sempre o modo mais lento e poupará mais dinheiro. Ao encher mais lentamente, cria-se menos vapor, e a maior parte do combustível vertido converte-se num cheio real, eficaz. Todas as mangueiras vertedoras de combustível devolvem o vapor para o depósito. Se encherem o tanque apertando a pistola ao máximo uma percentagem do precioso líquido que entra no tanque do seu veículo se transforma em vapor do combustível, já contabilisado, volta pela mangueira de combustível (surtidor) ao depósito da estação. Isso faz com que, os postos consiguam recuperar parte do combustível vendido, e o usuário acaba pagando como se tivesse recebido a real quantidade contabilisada, menos combustível notanque pagando mais dinheiro.

*3º. Truque: Encher o tanque antes de que este baixe da metade.* Quanto mais combustível tenha no depósito, menos ar há dentro do mesmo. O combustível se evapora mais rapidamente do que você pensa. Os grandes depósitos cisterna das refinarias têm tetos flutuantes no interior, mantendo o ar separado do combustível, com o objetivo de manter a evaporação ao mínimo.

*4º Truque: Não encher o tanque quando o posto de combustíveis estiver sendo reabastecido e nem imediatamente depois.* Se chega você ao posto de conbustíveis e vê um caminhão tanque que está abastecendo os depósitos subterrâneos do mesmo, ou os acaba de reabastecer, evite, se puder, abastecer no dito posto nesse momento. Ao reabastecer os depósitos, o combustível é jorrado dentro do depósito, isso faz com que o combustível ainda restante nos mesmos seja agitado e os sedimentos assentados ao fundo acabam ficando em suspensão por um tempo. Assim sendo você corre o risco de abastecer seu tanque com combustível sujo.


Fonte: viajardemoto.com

quinta-feira, 18 de novembro de 2010